Campanha Auta de Souza no CEII

Em 1982, o Francisco Emmanuel Santini Rotondaro, que já assumia a tarefa de expositor do Ciclo da Juventude no Centro Espírita Irmão Itajubá, e seus companheiros de tarefa, Walmir Guimarães e Ricardo Terini, propuseram aos seus alunos que se organizassem em grupos de trabalho, tendo como objetivo principal o engajamento dos jovens nas tarefas da casa. Foram então formados os seguintes grupos;


• Anália Franco, que era responsável pelos trabalhos manuais e artesanatos;
• Grupo de jogos, música e artes, que motivava as crianças do setor de evangelização;
• Meimei, que divulgava e ensinava as famílias a fazerem o Evangelho no lar;
• Auta de Souza, responsável pela coleta de mantimentos para a creche Coração Materno;
• Allan Kardec, responsável pela divulgação doutrinária, dando origem ao Informativo Allan Kardec;
• Grupo Itajubá, responsável pelo apoio às atividades do Centro.

Então, desde 1985, sob a coordenação de Inaiá Silva, passou a funcionar no CEII a Campanha de Fraternidade Auta de Souza, realizada na manhã de dois domingos por mês, fazendo visita em casas ao redor do CEII e do Núcleo Coração Materno, onde na primeira fase é feita a distribuição de carta pedido e apresentação do Núcleo Coração Materno. Na segunda fase é realizada a coleta dos donativos, sendo os alimentos não perecíveis destinados a alimentação diária das crianças e adolescentes, e ainda compor a cesta básica dos funcionários do Núcleo Coração Materno.

As doações de roupas, calçados e brinquedos são destinadas a um bazar popular realizado periodicamente, com a participação dos familiares dos alunos e toda comunidade do bairro. O Núcleo Coração Materno está localizado na Rua. Antônio Pires, 663 na Vila Albertina, Freguesia do Ó.

A Campanha hoje é coordenada por Margareth Carvalho, que está à frente do projeto há 12 anos.